Memórias Enfumaçadas

Memórias enfumaçadas da turnê do Planet Hemp em Santa Catarina: baladas, gatas e ressacas sem fim.

“Gosto de te ver ao sol, leoãozinho / De te ver entrar no mar / Tua pele, tua luz, tua juba / Rrrrrrrrrhhhhhhr” (disco riscado) Pára, Pára. Enlouqueceu Zé? reclama D2.

Adivinha doutor quem está de volta na praça? Planet Hemp Ex-quadrilha da fumaça!”

Uma multidão de mais de 2 mil usuários da cannabis sativa se espreme na frente do enfumaçado palco. O sumo-sacerdote Marcelo D2, entrando em cena ladeado pelos cardeais Bnegão e Black Alien, deixa em transe a moçada surfer de Floripa.

“Hermanos e irmãos represento todos aquele chapados no chão.
E disso entendo bem…Prensadinho ou solto.
Manga rosa, cabrobró e racha coco.
Eu não quero saber de mais nada. Só quero saber: Quem tem seda?”

É o início da turnê nacional do Planet Hemp. A pegada da banda lembra uma divisão panzer, não há nada comparável no cenário rock hip hop brazuca. O Planet representa a discriminação de tudo que está entalado na garganta.

Na Lupus de Florianópolis o show começa a rolar e a molecada canta em transe todos os hinos da banda, a galera delira com o scratches de Zé Gonçales. A cartase é coletiva. A glória! Mas, depois de duas horas de muita adrenalina e alegria é chegada a hora de terminar.

Uma massa de fãs, puxa-sacos, catarinas e jornalistas segue para a porta do camarim pedindo liberação para entrada – muitos trazem oferendas vegetais à banda. O tiel faz-tudo e segurança Anjinho passa o pente-fino e despacha a microbiagem e outros insetos. As meninas entram e já começa o encoxa-encoxa, os planetários casados se viram como pode.

Exaurida de tanta badalação a família hemp segue rumo ao hotel  prensada em duas vans. A van com D2, Zé Gonzales e Lobatto seguiram rumo ao hotel. A turma da fuzarca, roadies, Bnegão, Black Alien e outros integrantes resolveram parar num bordel fim-de-linha da Ilha.

Depois de um show coalhado de gente, ficamos descansando num hotel em Imbituba. O pico era um engradado de madeira. Alguns integrantes jogam futebol no videogame, já Gonzales e Rafael preferem mofar no quarto.  O bando todo curte uma ressaquice crônica da enigmática noitada anterior. A rapaziada segue para Lages.

“Imbituba, 06:30, no ônibus a galera se prepara para seguir 6 horas de viagem para o destino final da turnê.”


Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Backstage, Legalize, Maconha, Malandragem, Planet Hemp, Revista Trip

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s